Educadores do Maranhão

A ação, realizada em parceria com a Secretaria de Estado da Educação do Maranhão, tem como objetivo promover a discussão sobre o tema do trabalho escravo e assuntos correlatos, como migração, tráfico de pessoas e trabalho infantil, na rede estadual de ensino do Maranhão. As atividades educativas acontecerão, em 2018, em escolas gerenciadas pelas Unidades Regionais de Educação de São Luís, Bacabal, Barra do Corda, Caxias, Presidente Dutra, Timon, Viana e Zé Doca. A meta é envolver 292 escolas de 79 municípios maranhenses na prevenção ao trabalho escravo. Na primeira etapa, realizada entre 2015 e 2016, mais de 130 mil pessoas foram impactadas, dentre alunos, professores e pessoas da comunidade extraescolar. A parceria com o Governo do Maranhão foi firmada em solenidade com a presença do governador Flávio Dino, em dezembro de 2017. O projeto conta com apoio da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e do Ministério Público do Trabalho (MPT).

Acesse as matérias sobre o projeto e saiba mais:

ENP! amplia projeto sobre trabalho escravo no MA

Programa Escravo, nem pensar! realiza estudo de campo no Maranhão

Escravo, nem pensar! terá segunda etapa no Maranhão em 2018