Os primeiros habitantes da região de Pindaré Mirim foram os índios guajajaras até que, em 1839, a cidade passa a ser ocupada por migrantes cearenses e piauienses atraídos pela colônia São Pedro, que tinha como principal atividade o plantio de cana de açúcar.

Pindaré-Mirim, como tantos outros municípios maranhensesé foco de aliciamento de trabalhadores. O estado é também líder nacional em flagrantes de trabalho escravo, concentrando cerca de 20% dos casos de aliciamento ocorridos entre 2003 e 2012, segundo dados da Comissão Pastoral da Terra . No município, em épocas específicas, jovens e adultos são recrutados com promessas de bons salários no trabalho de corte da cana de açúcar e na coleta de maçãs no Sul e Sudeste do país. Promessas que nem sempre se confirmam e acabam eventualmente se concretizando como trabalho escravo.

Atividades realizadas

Formações e oficinas

Notícias

Deixe uma resposta

  • (não será publicado)