Projetos comunitários

O projeto, com o objetivo de esclarecer e prevenir o trabalho escravo contemporâneo, contou com a participação de três escolas municipais e dez professores foram responsáveis ao longo de sua elaboração. Com os alunos de 1ª à 4ª série, foram produzidos textos, desenhos ilustrativos relacionados ao tema e elaborado um jornal informativo, que depois de pronto foi colocado no mural da escola para que todos pudessem ler, além de um programa de rádio. Os alunos de 5ª à 8ª série também produziram paródias, teatros, acrósticos, literatura de cordel, poemas e cartazes informativos.

O programa de rádio foi realizado por uma equipe da 4ª série juntamente com a professora, divulgando informações acerca do trabalho escravo, por meio de entrevistas entre os próprios alunos e os apresentadores.

O teatro foi criado em parceria com uma turma de 8ª série, em que os alunos deram a ideia de fazer uma peça para apresentar na escola e para comunidade, mostrando a escravidão contemporânea. Também simularam um programa de TV no qual a apresentadora era alguém do grupo móvel de fiscalização que tirava dúvidas dos espectadores.

Ao final, todas essas produções foram socializadas na Igreja de São Francisco de Assis, com a presença da comunidade escolar.

Comentários fechados.