Formações e oficinas

A atividade contou com professores e coordenadores pedagógicos de escolas municipais e estaduais, além de representantes da Secretaria Municipal de Educação. Além de expor o conteúdo conceitual do trabalho escravo contemporâneo, a equipe do programa fomentou debates e dinâmicas a respeito de temas relacionados, como tráfico de pessoas, concentração fundiária e migração. A participação do procurador do Trabalho Juliano Ferreira foi muito importante para concretizar o conceito visto anteriormente bem como contextualizar o município em relação à problemática. O público participante recebeu um conjunto de materiais didáticos para subsidiar as abordagens em sala de aula sobre os assuntos discutidos.

 Turma de Unaí reunida

Comentários fechados.