Projetos comunitários

A Associação buscou fomentar iniciativas locais de geração e de complemento de renda, como a criação e o plantio de uma horta comunitária a fim de reduzir a migração forçada de trabalhadores para outros lugares do país. Buscaram também conscientizar as famílias da comunidade sobre trabalho degradante e sobre migração forçada e discutir sobre a importância da agricultura familiar.

Os coordenadores do projeto se reuniram com as famílias e apresentaram os objetivos e as atividades. Discutiram o emprego do recurso, as ações a serem realizadas e dividiram as tarefas. Com o apoio da Comissão Pastoral da Terra do Piauí, foram feitas palestras, exibições de vídeos e discussões sobre trabalho escravo e migração forçada ao longo do projeto. Houve também uma palestra sobre agricultura familiar ressaltando sua importância e como ela pode prevenir a escravidão contemporânea. Foram também distribuídos alguns materiais para leitura contendo informações sobre o tema complementando as discussões.

Após a compra dos materiais, iniciou-se o preparo da terra para a construção da horta no terreno de dois hectares da Associação. As famílias receberam orientações técnicas da Empresa de Assistência Técnica em Extensão Rural do Piauí (Emater) para o plantio de mudas e sementes, aprenderam uma nova forma de fazer os canteiros e como aproveitar matérias primas para fazer adubo orgânico. O técnico da Emater realizou visitas semanais para auxiliar as famílias no que fosse preciso.

Foi construída uma horta bem diversificada com hortaliças, frutas e verduras. O período de seca na região e a falta de água quase comprometeram o desenvolvimento das mudas e das sementes. Para salvar a produção, as famílias cavaram um poço do qual conseguiram obter um pouco de água. O fato de a horta ser comunitária causou um pouco de suspeita entre as famílias, pois achavam que a ideia de dividir o trabalho e a produção entre os participantes não daria certo. No entanto, à medida que o projeto foi sendo desenvolvido, mais famílias aderiram às atividades. Elas já conseguiram complementar suas rendas, e a previsão é de que o alcance seja ainda maior, pois ainda havia espaço no terreno para o desenvolvimento de mais culturas.

Comentários fechados.