Formações e oficinas

Os professores do campo e da cidade participaram ativamente de toda a formação. Mais da metade dos 50 docentes trabalhava em escolas do campo. Esse fato foi muito importante para o desenvolvimento do curso, pois os professores incorporaram as características da realidade  local nas discussões. Alguns temas geraram maior interesse, como o desmatamento do Cerrado e o trabalho escravo em carvoarias do município.

Nos três encontros de monitoramento, os professores comentaram diversos projetos pedagógicos desenvolvidos sobre o tema. Comentaram que os alunos não tiveram dificuldades em trabalhar os temas, pois identificaram com facilidade o problema no município. Os professores realizaram abordagens contextualizadas em diversas disciplinas.

O programa continuará em contato com os participantes à distância, por meio de ferramentas como o boletim, enviado mensalmente.

GALERIA

 

 

 

 

 

 

Comentários fechados.