Formações e oficinas

A formação na cidade de Dom Pedro contou uma noite cultural bastante criativa, com a apresentação de músicas sobre o trabalho escravo, e também sobre o trabalho das quebradeiras de coco babaçu. Foram realizados três encontros de acompanhamento: em março e agosto de 2009 e em agosto de 2010. O tema do trabalho escravo foi incluído nas disciplinas regulares das escolas, que também realizaram palestras abertas à comunidade e programas de rádio. As escolas aproveitaram sua participação na parada cívica do 7 de Setembro para chamar a atenção para o problema do trabalho escravo.

GALERIA

Comentários fechados.