Formações e oficinas

Foram realizados três encontros de acompanhamento: em setembro de 2006 e em março e outubro de 2007. Três escolas da cidade realizaram uma caminhada informativa pelas ruas principais da cidade, chamando a atenção das pessoas para o problema do trabalho escravo contemporâneo. Para a caminhada, alunos e alunas produziram cartazes e faixas com informações sobre o tema, e apresentaram peças de teatro e poemas. Utilizaram também um carro de som para alertar a população. Posteriormente, foi realizado um seminário no campo, com o objetivo de difundir essas informações. Por causas dessas atividades, formou-se entre as três escolas uma rede de prevenção ao trabalho escravo. Também foi lançado o boletim informativo Axixá sem escravidão, organizado por uma professora da Associação dos Apicultores do Bico do Papagaio.

GALERIA

Comentários fechados.