Formações e oficinas

Foram realizados encontros de acompanhamento em agosto de 2006, março de 2007 e o terceiro encontro em outubro de 2007. Aproveitando que o programa contava com uma sede no município, foi realizada uma nova formação em 2008. Em seguida, ocorreram encontros em maio de 2009, em junho de 2010 e o terceiro em maio de 2011. Os projetos das escolas foram interdisciplinares e relacionaram o trabalho escravo a outros temas, como à migração e à questão agrária. Houve muito contato dos educadores e educadoras com a Comissão Pastoral da Terra, que realizou diversas palestras nas escolas. Em 2008, houve empenho para participar do Festival da Abolição. Algumas escolas adotaram a abordagem do tema em seus planejamentos e projetos político-pedagógicos.

Comentários fechados.