Projetos comunitários

O objetivo do projeto era sensibilizar a comunidade para o combate e erradicação do trabalho escravo contemporâneo, por meio de atividades em diferentes áreas do conhecimento – Linguagem, Ciências Humanas e Sociais, Ciências da Natureza e Matemática – oficinas e mostra cultural.  Alunos e alunas da escola assistiram a filmes sobre o tema do trabalho escravo, participaram de oficinas sobre direitos trabalhistas e de leitura, realizaram pesquisas sobre as regiões com maior número de trabalhadores escravizados, e confeccionaram desenhos, pinturas, poesias, peça de teatro, literatura de cordel e histórias em quadrinho.

Os materiais produzidos foram expostos na V Noite Cultural, aberta à comunidade. Nessa mesma noite, os alunos apresentaram uma peça de teatro sobre o massacre de trabalhadores rurais sem-terra em Eldorado dos Carajás. Estima-se que mais de 400 pessoas assistiram às apresentações.O representante da Coetrae de Mato Grosso e Gerente em Educação do Campo, professor Rui Leandro Silveira, realizou, a convite das professoras, uma palestra sobre o que é a comissão e a importância de se discutir o trabalho escravo nas escolas.

Em parceria com o Senar, foram oferecidas oficinas de cooperativismo e produção artesanal de sabonetes às quais os alunos e alunas não deixaram de comparecer um só dia.

Comentários fechados.