Projetos comunitários

Professores e alunos organizaram passeatas, visitas de campo, um seminário e uma gincana cultural para informar a população sobre o trabalho escravo na região e alertar a comunidade sobre esse problema. As atividades, coordenadas pela Escola Municipal Osvaldo Reis, da zona urbana, envolveram outras duas escolas municipais de povoados da zona rural.

A passeata foi feita pelas principais ruas de Axixá, e os alunos elaboraram cartazes, faixas e murais informativos para utilizar durante a caminhada, com o objetivo de informar a população sobre seus direitos e deveres. Por meio de carro de som, divulgaram na comunidade o número de pessoas libertadas na região e deram orientações aos trabalhadores rurais sobre as precauções a serem tomadas antes de aceitar uma proposta de trabalho. Também foram distribuídos materiais informativos para alertar sobre o assunto.

Também foi organizado um seminário no povoado Lagoa de São Salvador, que contou com palestras sobre o tema. Os alunos organizaram diversas apresentações, retratando o cotidiano dos trabalhadores escravizados.  Ainda organizaram outro seminário temático com os pais de alunos da zona urbana e rural e pessoas da comunidade local, além da participação de vários alunos de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Além disso, foi realizada uma gincana na escola, um “dia da cultura”, também com participação de alunos da zona rural e urbana e de pessoas da comunidade local. Cerca de 600 pessoas participaram da gincana.

Comentários fechados.