Projetos comunitários

O projeto desenvolveu uma pesquisa sobre trabalho escravo em Cascavel, distrito de Ibicoara em que a maioria dos moradores é de migrantes. O objetivo era coletar informações para alertar sobre as formas de trabalho escravo, informar sobre direitos trabalhistas e ouvir os anseios da população migrante e a qualidade do trabalho realizado por eles. Após o diagnóstico obtido com a pesquisa, a equipe organizadora do projeto discutiu, em parceria com a Comissão Pastoral da Terra, sobre a relação migração, trabalho e falta de estrutura nas comunidades onde os trabalhadores vivem.

Os membros do projeto, com o Sindicato dos Trabalhadores Rurais, também organizaram uma assembléia com os trabalhadores rurais, no local de onde costumam partir para o turno nas fazendas da região. Houve distribuição de camisetas e panfletos informativos. Reuniram-se cerca de mil pessoas, e foram aprovadas resoluções importantes para a negociação entre o sindicato e os empregadores.

Na escola Jaci de Carvalho Matos, foi realizada uma palestra sobre direitos trabalhistas. Na mesma atividade, os estudantes da escola apresentaram o jogral sobre migração, com música e dança.

Comentários fechados.