Wanderlândia teve seu crescimento ligado à construção da Rodovia Belém-Brasília na década de 1960, transformando a região num centro de povoação. Atualmente, possui 12 mil habitantes, e várias empresas de plantio de eucalipto se encontram instaladas no município.

Na década de 1980 o pároco da Igreja Nossa Senhora da Conceição do município, Josimo Morais Tavares, integrante da Comissão Pastoral da Terra (CPT), era exemplo de resistência ao latifúndio na região e de defesa aos trabalhadores rurais, mas foi brutalmente assassinado em consequência de sua luta. Desde então a Romaria da Terra e da Água organizada pela CPT relembra o padre que se tonou símbolo da reforma agrária.

Atividades realizadas

Formações e oficinas

Comentários fechados.