Assim como outros municípios do norte do Mato Grosso, Sorriso tem sua formação ligada à expansão da ocupação brasileira em direção à Amazônia. O município nasce no final da década de 70 devido aos incentivos fiscais dos governos militares destinados à ocupação da região, hoje, conhecida como Amazônia Legal. O seu processo de colonização foi marcado por enorme devastação ambiental e intensa exploração de recursos naturais.

Infelizmente, o processo de desmatamento da Amazônia Legal ainda apresenta um quadro preocupante. A derrubada da mata para a instalação de lavouras de grãos e para a criação de gado é responsável pela degradação da cobertura vegetal do estado, além de terem sido flagrados dezenas de casos de trabalho escravo nessas atividades. Sorriso ocupa o 13º posto no ranking de ocorrências de trabalho escravo no Mato Grosso, divulgado pela Comissão Pastoral da Terra.

Atividades realizadas

Formações e oficinas

Comentários fechados.