O município de São Geraldo do Araguaia começa a se constituir à margem esquerda do rio Araguaia como entreposto comercial, onde eram comercializados produtos de subsistência e castanhas-do-pará. A concentração da posse de terras é um grande problema na região desde os primórdios da formação do município, em meados da década de 60, quando o governo passa a conceder incentivos fiscais para a ocupação do sudeste paraense. Desde então os conflitos no campo marcam a história do município. Além disso, São Geraldo foi palco da Guerrilha do Araguaia em tempos de resistência à ditadura militar.

Atualmente, uma das maiores fronteiras agrícolas e extrativistas do país estende-se pelas região sul e sudeste do Pará, onde está localizado o município. Entre 2003 e 2012 , 62 trabalhadores nascidos em São Geraldo foram vítimas de trabalho escravo, segundo estatísticas da Comissão Pastoral da Terra (CPT).

Atividades realizadas

Formações e oficinas

Projetos comunitários

Notícias

Deixe uma resposta

  • (não será publicado)