Localizado no sudeste paraense e habitado por quase 240 mil habitantes, o município de Marabá é o principal pólo sócioeconômico da região. Durante sua formação, Marabá atraiu migrantes vindos de diversas regiões brasileiras para as atividades agrícolas e extrativistas. Mais tarde foram desenvolvidos os setores industrial e agropecuário em larga escala.

O município é o segundo com maior número de ocorrências de trabalho escravo de todo o Brasil, registrando 83 casos com 557 libertados entre 2003 e 2012. As principais atividades produtivas associadas a prática do trabalho escravo são a pecuária e a siderurgia. Em fiscalização ocorrida no fim de 2012, um grupo de 150 trabalhadores foi resgatado de duas carvoarias que estariam fornecendo para indústrias siderúrgicas no pólo de Marabá, no Pará.

Atividades realizadas

Festivais e concursos

Formações e oficinas

Projetos comunitários

Notícias

Deixe uma resposta

  • (não será publicado)