Após ser denominado de Serra da Samambaia, Sítio São Gonçalo, Belém, Belém de Quinim, o município só passou a ser chamado de Itatira em 1943. Seus habitantes originais eram os indígenas de etnia Tapuia, mas foram deslocados com a expansão da colonização portuguesa na região. Os primeiros portugueses a se estabelecerem foram Antônio Ferreira Braga e Jerônimo Machado.

O município localiza-se no semiárido e na caatinga, e sua população, em sua maioria rural, sofre com os períodos de seca. As poucas alternativas de emprego e renda acabam impulsionando a migração da população, sobretudo os jovens, para outros estados. De acordo com uma pesquisa da Comissão Pastoral da Terra, a maioria serve de mão de obra para o corte de cana no estado de São Paulo, onde acabam submetidos a condições de superexploração do trabalho.

Atividades realizadas

Projetos comunitários

Comentários fechados.