Assim como diversos municípios matogrossenses, Confresa recebe o nome da companhia de colonização responsável pelo início da ocupação de suas terras nos anos 70. A companhia Colonizadora Frenova Sapeva foi responsável pela instalação de um complexo de propriedades agropecuárias, designado Fazendas Reunidas Nova Amazônia, dando início ao desenvolvimento das atividades produtivas ligadas ao campo no município.

A economia do município é baseada, principalmente, na pecuária e no cultivo de produtos agrícolas. Confresa está localizada na região do Araguaia, e, junto com outros municípios do nordeste do estado vem sendo invadida pela  monocultura da soja. As plantações mecanizadas e o uso intensivo de agrotóxicos que avançam sobre áreas antes ocupadas por pastos ou pela mata nativa geram diversos problemas sociais e ambientais para o município. Além disso, Confresa registrou nove casos de trabalho escravo entre 2003 e 2012, atingindo um contingente de 1347 trabalhadores libertados neste período.

Atividades realizadas

Formações e oficinas

Projetos comunitários

Notícias

Comentários fechados.