O território do município foi primitivamente habitado pelos índios Cariris. A penetração inicial no território data de 1845 ou 1846 e visava a descobrir minas de diamante e de ouro. Com a descoberta de pedras preciosas, a região foi invadida por garimpeiros que exploraram os leitos dos rios e riachos, brejos, encostas e cumes das serras.

Atualmente, o município apresenta um surto de desenvolvimento nos setores agropecuário e de turismo. Localiza-se na região da Chapada Diamantina conhecida pela exuberante beleza natural que atrai inúmeros turistas. A sua população vive basicamente da agricultura de subsistência e em condições graves de pobreza, o que a torna vulnerável ao aliciamento para o trabalho escravo cuja incidência é alta no oeste baiano.

Atividades realizadas

Formações e oficinas

Deixe uma resposta

  • (não será publicado)