Professores participam da oficina em Pradópolis

Professores participam da oficina em Pradópolis

Entre os dias 22 e 23 de maio, o programa Escravo, nem pensar! realizou oficinas sobre o tema do trabalho escravo nos municípios paulista Pradópolis e Guariba, a região nordeste do estado. Participaram do encontro professores da rede municipal e estadual desses municípios e de outros, como Bebedouro, Botafogo, Guatapará, Jaboticabal, Monte Alto, Monte Azul Paulista, Taiaçu, Taiuva e Taquaral.

Entre discussões e dinâmicas, os participantes puderam compreender o contexto do trabalho escravo contemporâneo no Brasil. Outro tema amplamente debatido foi o da migração, uma vez que a região recebe muitos trabalhadores de outros estados para o trabalho nos canaviais.

Nas duas oficinas, o procurador do Ministério Público do Trabalho em Araraquara,  Rafael de Araújo Gomes, apresentou ações de combate ao trabalho escravo na região.

As oficinas foram apoiadas pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, a Catholic Relief Service e pela TAM Linhas Aéreas e realizadas em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Pradópolis, a Secretaria Municipal de Educação de Guariba e a Unidade Regional de Ensino de Jaboticabal.

 

 

Tags:

Deixe uma resposta

  • (não será publicado)