Atividade aprofunda discussões iniciadas em 2013 e traça as novas perspectivas de abordagem do trabalho escravo nas escolas

O programa ENP realizou no dia 29 de maio o primeiro encontro de monitoramento pedagógico com professores de Codó (MA). Os objetivos foram aprofundar as discussões sobre trabalho escravo contemporâneo iniciadas na formação, em novembro de 2013, realizar um painel com as experiências de abordagem do tema concretizadas nas escolas desde então e oferecer novos materiais didáticos aos professores.

IMG_0698Ao todo, participaram mais de 40 professores, representando escolas e órgãos gestores da rede municipal e estadual. O encontro teve 8 horas de atividades e discussões pedagógicas. Na parte da manhã, os professores exibiram e discutiram projetos realizados nas escolas, expondo as dificuldades enfrentadas e os resultados alcançados. Além disso, utilizaram esse espaço para planejar novas ações para o segundo semestre. À tarde, o educador do programa Thiago Casteli discutiu os problemas socioambientais na cadeia produtiva da pecuária, utilizando como subsídio o caderno Moendo Gente – A situação do trabalho nos frigoríficos.

alunas-codoNo dia anterior, o educador visitou a Unidade Integrada Municipal Estevam Ângelo para conhecer o projeto realizado pelos professores de História com turmas do 8º ano do Ensino Fundamental.

O encontro contou com apoio da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e da TAM Linhas Aéreas e com a parceria da Secretaria Municipal de Educação e da Unidade Regional de Educação.

A formação continuada do ENP! prevê uma formação inicial de 40 horas e dois encontros de monitoramentos pedagógicos. O segundo encontro em Codó acontecerá em novembro.

Tags:

Deixe uma resposta

  • (não será publicado)